História de Fortaleza

 

Fortaleza e sua história, a capital do Ceará, foi fundada no dia 13 de abril de 1726, ao redor do rio Pajeú. Sua elevação à condição de cidade ocorreu apenas em 1823, mas seu núcleo original remonta do século XVII. A ideia de Portugal era estabelecer no local um forte que servisse para defender a região contra estrangeiros e facilitasse o contato com o norte do Brasil, continue Lendo nossa história.
Durante o período colonial, o domínio português no Ceará foi interrompido em dois momentos pelos holandeses: em 1637, quando conquistaram o forte de São Sebastião, e em 1649, com a construção do Forte de Schoonemborch.
Com o retorno do domínio português, em 1699, foi criada a vila de Fortaleza, que permaneceu sem expressão política e econômica por mais de um século. No final do século XVIII, a produção e comércio de algodão foram os pilares da economia cearense, favorecendo o seu desenvolvimento comercial e político, criando as condições necessárias para a separação de Pernambuco, em 1799. No final do século XIX, a cidade já dava sinais de desenvolvimento avançado com a inauguração de diversas estradas, espaços culturais, hospitais e uma boa base de estrutura administrativa. Tudo isso, agregado à beleza natural de suas 15 praias, distribuídas por 34 quilômetros, contribuiu para que Fortaleza se transformasse em um dos principais destinos turísticos do Brasil.

Uma das praias mais famosas e movimentadas é a Praia do Futuro. A Praia do Meireles, com quadras esportivas, é indicada para quem procura diversão e a prática de exercícios físicos; já a tradicional Praia de Iracema atrai o público com sua feira de roupas, artesanatos, calçados e bolsas. Outros destaques da cidade são o Theatro José de Alencar, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e o Mercado Central.

Está localizada no litoral Atlântico, a uma altitude média de dezesseis metros, com 34 km de praias. Fortaleza possui 313,140 km² de área e 2 627 482 habitantes estimados em 2017, além da maior densidade demográfica entre as capitais do país, com 8 390,76 hab/km². É a maior cidade do Ceará em população e a quinta do Brasil. A Região Metropolitana de Fortaleza é a sexta mais populosa do Brasil e a primeira do Norte e Nordeste, com 4 051 744 habitantes em 2017. É a cidade nordestina com a maior área de influência regional e possui a terceira maior rede urbana do Brasil em população, atrás apenas de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Fortaleza foi em 2014 a décima segunda cidade mais rica do país em PIB e a mais rica do Nordeste, com 56 bilhões de reais. Possui, ainda, a terceira região metropolitana mais rica das regiões Norte e Nordeste. É importante centro industrial e comercial do Brasil, com o oitavo maior poder de compra municipal da nação. No turismo, a cidade alcançou as marcas de segundo destino mais desejado do Brasil e quarta cidade brasileira que mais recebe turistas de acordo com o Ministério do Turismo. É sede do Banco do Nordeste, da Transnordestina Logística e do DNOCS. A BR-116, a mais importante rodovia do país, começa em Fortaleza. O município faz parte do Mercado Comum de Cidades do Mercosul.

Batizada de Loira Desposada do Sol pelos versos do poeta Paula Ney, a metrópole cearense é a terra natal de brasileiros de grande renome como o ex-presidente Castelo Branco e Dom Hélder Câmara, assim como Capistrano de Abreu, Gustavo Barroso, Casimiro Montenegro Filho, José de Alencar, Karim Aïnouz, Maurício Peixoto e Rachel de Queiroz. É a capital brasileira mais próxima da Europa, a 5 608 km de Lisboa, em Portugal.

Historia de Fortaleza  FortalezaFortaleza-ce

Fonte: Wikipédi